segunda-feira, 3 de julho de 2017

Ele é o calor, a praia, as bebidas geladas a acompanhar grelhados, as noites cá fora que se alongam...

De maneiras que venho só aqui perguntar se o dr Costa nos obrigará a pagar outro focus group, depois da bronca de Tancos, ou se ainda vai a tempo de inserir este contratempo no estudo de impacto na sua imagem das mortes de Pedrógão  Grande.

* É desta que ele abandona o sorriso parvo, não é?...
* E a querida Catarina que parece ter acordado do coma e pede responsabilidades quando há dois anos pedia demissões?...

Pronto, pronto, vou já voltar para a minha vidinha, até qualquer dia, sim?

50 comentários:

  1. Talvez as altas patentes militares saibam as respostas uma vez que estão envolvidos militares nestes roubos não é ninguém de fora, tal como nas outras forças policiais quando desaparece armamento, droga, dinheiro e produtos das apreensões...os corruptos estão lá dentro basta ver as últimas detenções no nosso país que são os próprios policias

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Talvez saibam. Claro que o ministro da defesa passará incólume não é? Pois... começamos a habituar-nos à total falta de vergonha deste governo.
      Aliás acabei de ler que o costa foi de férias. Está certo.

      Eliminar
    2. O chefe máximo das forças armadas é o Presidente da República...demita-se o presidente...aliás demitam-se todos porque demissões resolvem os problemas todos!!!! Em vez de se responsabilizar as pessoas que estão ligadas directamente e tem responsabilidades profissionais demitam-se os politicos!!!

      Eliminar
    3. Por acaso haveriam de se demitir grande parte, da esquerda à direita.
      Mas por menos que eu goste da postura actual do tio Marcelo, há que certificar a reeleição, a responsabilidade é do ministério da defesa e do exército. Não houve rondas e a cerca estava furada, o min da defesa autorizou o seu arranjo há mais de um mês. A sério? Caramba! A sério? Aquelas armas vão matar pessoas. Incompetência tem limites.

      Eliminar
    4. A falta de vergonha na cara começou no governo do Passos, até aí quando havia bronca rolavam cabeças . A malta tem memória curta.

      Eliminar
    5. Até pode ser, não concordo mas até lhe dou essa de barato. Acontece que se pede responsabilidades a quem tem o poder (e obrigacao) de resolver as coisas. E quem tem actualmente esse poder é António Costa. Não serve de nada dizer que o anterior também andou mal, o anterior é passado.

      Eliminar
  2. Eu pensei que a catarina tinha emigrado !?!? Já manolho ponho a custa em cima faz uns tempos .. noutros tempos havia de falar todos os dias .. realmente há coisas que não percebo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acordou do coma. Ainda não está totalmente restabelecida, noutros tempos andaria aí aos berros a pedir demissões.

      Eliminar
    2. Se decidiu apoiar o governo vai pedir demissões??? Isso é que seria coerente?

      Eliminar
  3. É pior. A estupidez e a falta de vergonha não são exclusivas. A direita também rapidamente se lançou ao poço. Não sei se me preocupe mais com a corrupção se com a incapacidade, endémicas na política à português.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Direita? Qual direita? Mas ainda há direita?

      Eliminar
    2. Não, como é óbvio.
      Eles é que se designam a si próprios de direita, esquerda, centro, arco da governação, bláblá. Na realidade são todos carnívoros.

      Eliminar
    3. Não vamos comparar uma gaffe à qual se seguiu um pronto pedido de desculpas com este sacudir de responsabilidades pois não?
      Para melhorar a coisa o el mundo já veio dar a lista do material roubado, mais umas poucas de mortes a somar às vítimas da trovoada seca.

      Eliminar
    4. hmmm, preferências?! em política portuguesa?!

      Eliminar
  4. Respostas
    1. Anónimo, já uma vez aqui escrevi, a picante, quando lhe dá para a política parece os camaradas da cassete, aqueles que abomina... É sempre assim

      Eliminar
  5. Não fosse o facto de estarmos a falar de assuntos sérios e fartava-me de rir com tanto ressabianço de cada vez que aqui venho. Ó senhora, deixe lá de andar com o cartão de militante ao peito que já toda a gente percebeu!

    Preocupe-se lá em procurar os 10 mil milhões que desapareceram pelo cano de esgoto que são os paraísos fiscais por causa de um apagão informático tão bem selecionado que até os hackers russos querem aprender como se faz.
    Fico na dúvida sobre quem é que tem estado em coma nos últimos anos. A Catarina foi sempre coerente com as suas posições ao longo dos anos e nem por apoiar parlamentarmente este Governo deixou de criticar e pedir explicações sobre as questões mais prementes quando assim foi necessário.
    Ao contrário de uns e de outros que por aí têm vendido a alma ao Diabo ao longo de 43 anos de democracia, nunca vamos poder ser acusados de incoerência e falta de compromisso com a ideologia que perfilhamos. Mas ainda bem que vamos sendo notados. Estamos a ficar crescidos, eu sei. Isso incomoda-vos à brava e eu adoro!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lápis Roído: morreram 64 pessoas. 64, ouviu bem? Há um número inqualificável de feridos. Casas arderam. Empresas arderam. Perderam-se centenas de postos de trabalho. Só num concelho, 81% da área florestal ficou destruída.
      Consegue realizar a gravidade disto tudo? Consegue alcançar que não é hora de vir defender o seu mestre? Que, aliás, aproveitou para virar as costas e ir de férias, gozando alarvemente com os portugueses? Sim, também consigo.
      Volto a repetir, para o caso de andar alheado: 64 pessoas morreram. O mais grave incêndio de sempre, a nível mundial no que toca à mortalidade. A sério, não é hora de vir desenterrar argumentos políticos para defender os seus protegidos. O assunto, desta vez, é muito sério.

      Eliminar
    2. Anónimo sabe o que é um incendio? Alguma vezeve perto de algum ou ajudou a apagar algum? Só quem nunca viu um incendio de perto e as dimensões extremas que pode tomar num curto espaço de tempo é pode achar que existem culpas a atribuir.

      Eliminar
    3. Por algum motivo se sabe que foram 10 milhões, sabe-se a quantia mas desapareceram!!!?
      Já coerência e Catarina... Isso existe? Alguém sabe?
      Já o Jerónimo aquilo sim é só coerência, ali de pé, todo enrrugadinho, a discursar perante a assembleia da republica portuguesa tal qual o camarada Álvaro o ensinou a falar das forças do bloqueio e do poder capitalista e da necessidade de aumentar os poderes do Estado,ali sempre zás, trás, pás e não se esquece que tem que meter o socialismo na gaveta. E sim a Picante é uma verdadeira reaccionária mas também ainda não tirou um selfie com o PR ainda não foi beijocada e abraçada e assim ainda há esperança, escrevamos todos uma carta a Marcelo para que ele possa abraçar a causa e salvar a picante. ( peço desculpa aos comentadores acima que tanto falam da tragédia de Pedrogão, que de certeza a ninguém é indiferente, mas a vida não para e a dor combate-se com atitudes positivas e sorrir mesmo quando nos dói a alma ajuda e muito,esperemos então que os nossos governantes voltem de férias e apurem de uma vez o que se passou, para que mais ninguém tenha que morrer desta horrível forma numa qualquer estrada nacional).

      Eliminar
    4. Aquilo que verdadeiramente me assusta é que há mais gente a pensar como o Lápis Roído.
      Para está gente está tudo bem, a responsabilidade é dos que lá estiveram há mais de dois anos.
      Realmente entre incêndios que matam gente (64, hã?) porque as comunicações (caríssimas) não funcionam e as bermas das estradas não estão limpas, exames nacionais que são "soprados" cá para fora, material de guerra roubado que há de matar centenas de pessoas, juizes em greve cujos efeitos imediatos serão a não realização de eleições, blocos de partos fechados porque os enfermeiros especializados, olha... foi um ar que se lhes deu... nada disto importa, o importante é ir a banhos e tirar umas merecidas férias no estrangeiro.
      O país está entregue aos bichos mas os portugueses não merecem melhor, não sabem pensar, acham normal fazer asneira da grossa e não serem pedidas responsabilidades.
      Isto é mesmo a república das bananas. Tristeza, pah!

      Eliminar
    5. Picante desculpe mas isto não aconteceu sempre no nosso país? Só não aconteceram tantas mortes de pessoas em incendiosmas isso não foi culpa de ninguém e não me venham com histórias da carochinha de fechar estradas e bombeiros e policia e protecção civil que quando um incendio ocorre com aquelaas dimensões e proporções e factores nunca vistos no nosso pais não há meios nem comunicações que consigam fazer nada. Não há milagres o fogo lleva tudo à frente. Todas as pessoas das aldeias envolvidas mesmo as que se salvaram na estrada disseram que foi numa fracção de minutos que o incendio estava longe e depois já estava em cima delas. Se a Picante algum dia for a um incendio a sério vais ver que até a terra arde!!!

      Eliminar
    6. "histórias da carochinha"... Que quem manda nos desígnios divinos nunca lhe permita saber se aceitava a situação com a mesma tranquilidade se tivesse sido um dos seus a ir-se naquele inferno. É só o que lhe digo.

      (Nunca em país nenhum nos tempos modernos se viu incêndio tão demoníaco... Foi fenómeno mesmo reservado para aquele preciso local. Oh, triste sina a nossa...)

      Eliminar
  6. Despedimentos e férias à parte, não quer falar sobre o movimento EUCALIPTAL da exma. Assunção Cristas? É que a excelentíssima queria plantar eucaliptos à maluca, mas depois vem falar como se tivesse a maior das credibilidades. O problema dos políticos portugueses é que NENHUM tem um comportamento irrepreensível, todos têm esqueletos no armário.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que sim, a culpa é toda é só da Cristas.

      Eliminar
    2. E deduziu isso do que eu disse, como? Explique lá?

      Eliminar
    3. a sua falta de lucidez é assustadora, Picante.

      Eliminar
    4. Porque o anónimo falou da Cristas e da sua adoração por eucaliptos. Acontece que a Cristas é passado, não conta para o totobola, é quem lá está que pode mudar as coisas e evitar negligências graves. A menos que decida ir de férias, claro...

      Eliminar
    5. Mas qual é o problema das férias?

      Eliminar
    6. Sim o anónimo (eu) falou da Cristas, e felizmente não tenho a visão enviesada. Quando fiz o comentário, por incrível que lhe pareça, não a estava a criticar a si Picante, disse que poderia falar também da Cristas (e quem diz a Cristas, diz qualquer dos asnos que têm passado por lá). Como referi depois, todos os políticos têm um comportamento reprovável em alguma fase da vida e têm esqueletos no armário. Como desse comentário, achou que estava a dizer que a culpa era só da Assunção Cristas, isso aí já me transcende e deve estar no segredo dos Deuses. O que acontece, é que a Cristas não é passado, toda esta situação é o resultado de ANOS, MUITOS ANOS de má gestão, em que os culpados são PSD/CDS/PS. Em vez de andarem a atirar culpas uns para cima dos outros, se chegassem a soluções conjuntas era muito mais interessante, mas isso implicaria uma verticalidade que falta à maioria dos seres humanos.

      Eliminar
    7. Insistem em chamar asnos aos nossos políticos. Desconhecem o provérbio popular " quem parte e reparte e não escolhe a melhor parte ou é "...de burros não têm nada.

      Eliminar
    8. Não percebo como é que há gente que pergunta "qual é o problema das férias". Não conseguirão mesmo ver qual é o problema de um Primeiro Ministro (não eleito, é certo, mas ainda assim Primeiro Ministro) ir calmamente de férias com o país literalmente a arder e a saque, tudo ao mesmo tempo. E ele também não acha normal, ou não teria encomendado o Focus Group. Daí, eu até estar convencida de que ele não está de férias, a explicação tem que ser outra.

      Já explicação para a pergunta "qual é o problema das férias?", não encontro, não encontro mesmo.

      Eliminar
    9. O homem já tinha pago as férias, fazer o quê? Perder o dinheiro e ganhar a ira da mulher? Vocês não param nem para pensar, fogo!

      Eliminar
  7. Emigre , Picante ! E leve o Passos e toda a corja PSD, e CDS consigo.

    ResponderEliminar
  8. Ora, ora. A Cristas, outra política inoculada contra a falta de vergonha na cara, só estaria *fora de jogo* se deixasse de aparecer todos os dias a lançar disparates para o grande poço de imbecilidade política deste País. Idem para o Passos. Idem para o Costa (não, o Costa não, felizmente está a banhos e não incomoda). Idem para o Marcelo.
    Não, os grupelhos de esquerda não contam. São tão desavergonhados quanto os restantes e muito mais afectados pelo fanatismo da *vitória final*, que deverá acontecer quando a *república progressista* da Coreia do Norte, ou a Venezuela, mandar na totalidade desta pequena placa de petri.

    E até o submarinista do Portas está a passar na tv, agora mesmo, preocupado com as armas desaparecidas. Como diria a Filomena acerca do futuro marido e futuro futuro ex-marido, "tirem-me esse fascista da frente".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É tudo a mesma cambada. Estamos entregues aos bichos, é o que é.

      Eliminar
  9. Picante, está a ficar tão sequinha, mas tão sequinha...
    Quem não saiba de quem é este blog dirá que é da Inês Serra Lopes, e que as suas "amiguinhas" de estimação (NM, Palmier, Mirone, Pasme-se...,) são heterónimos da mesma, tal não é a paixão assolapada que todas nutrem pelo Pedrinho Passos Coelho.
    Mas que grandes secas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tal e qual, anónimo, até bordei a ponto de cruz um retrato do PÇ numa almofada em forma de coração.
      (Gostava mesmo era de saber em que comentários meus assenta a sua convicção)

      Eliminar
    2. Quem é o PÇ, Mirone?

      Eliminar
    3. O passos Çoelho, evidentemente.

      Eliminar
    4. É o Paços Cuelho Maria Odete, a Mirone sedilhou mal

      Eliminar
  10. Pipocante Irrelevante Delirante6 de julho de 2017 às 21:22

    O pior nem foi o roubo em si. Com maior ou menor descuido, pode acontecer.
    Mas a desvalorização... mistura de vendedor da banha da cobra com playboy da Quarteirão... tá-se bem. Armamento de guerra , do Estado, por aí aos caídos, e o Ministro nas calmas.
    Mas claro, este foi o país em que um min. cessante levou para casa cópias de documentos da Defesa Nacional e nada se passou.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E os microfones dos jornalistas, não esquecer que o "gamanço" é coisa que está no sangue destes meninos.

      Eliminar
  11. Ó Picante, onde é que anda, que faz tanta falta? Não me diga que não vai comentar o vídeo da Princesa Beata e das 10 coisas que não sabemos dela?

    ResponderEliminar
  12. Somos mesmo pequeninos em tudo!! Em Londres houve um incêndio terrível numa torre, imensos mortos, Teresa May continua e seus acólitos, nem a comunicação social anda a caça como aqui!! Em vez de se aprender, só querem demissões!O meu irmão vive em Londres e diz que tem vergonha da politiquice portuguesa!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah ah ah ah ah ah. Não vai comparar a postura da Teresa May e respectivo sentido de Estado com a irresponsabilidade e desorientação do Costa e seus comparsas face a ambas as tragédias, pois não? Ora pergunte lá ao seu irmão se a Teresa aproveitou a ocasião para se pôr ao fresco e ir de férias.

      Eliminar
    2. Acha mesmo que o homem "aproveitou" para ir de férias? Ora pense lá só um bocadinho, não dói nada, vá lá...

      Eliminar
    3. Não, não acho. Acho a coisa tão descabida que até me custa acreditar que a verdadeira explicação seja "férias". Já disse isso ali em cima. Mas vocês podem continuar a acreditar cegamente no homem, estejam à vontade, não dói nada, nem a mim, nem a vosselências... Há-de doer quando chegar a conta para pagar, mas até lá, "tá-sse" bem. Quando a conta chegar, nós todos pagamos, com dor, e o vosso amado homem desaparece de novo, desta feita não para férias, mas para uma qualquer universidade em Paris ou por aí.

      Eliminar
  13. Eu não votei no Costa, mas gosto da verdade, o comentador de cima que diz que o Costa foi de férias com o País a arder, não é verdade, com Pedrogão a arder, eu vi lá o Costa mais que uma vez,o sectarismo não nos pode cegar, a ponto de falarmos a verdade! Honestidade acima de tudo, e assim estaria o nosso País bem melhor, para os nossos filhos e netos!

    ResponderEliminar

Os comentários são da exclusiva responsabilidade dos comentadores.
A autora do blog eliminará qualquer comentário que ofenda terceiros, a pedido dos mesmos.